domingo, setembro 02, 2007

Mafalda


Em saldo na Rua do Carmo, Lisboa

1 comentário:

Frisco disse...

Mafaldinha a contestatária...

BD: Casa onde morou Mafalda em Buenos Aires terá uma placa
A casa de Mafalda, a personagem de banda desenhada de Quino que nos anos 60 adorava os Beatles, detestava sopa e acreditava que podia chegar à lua propulsionada a gasosa, estará identificada em Buenos Aires com uma placa.

«Aqui se sentou Mafalda», indicará a placa que será colocada no número 371 da rua Chile, no bairro de San Telmo, na capital argentina, que inspirou Quino para desenhar a casa em que habitaria a personagem nascida em 1963, cujas histórias estão traduzidas em mais de 30 línguas.

Foi naquela casa que o autor situou a vida da pequena Mafalda, que ali residia com os pais e o irmão, Gui, e onde recebia as visitas dos seus inesquecíveis amigos Susaninha, Filipe, Manelinho, Liberdade e Miguelito.

A ideia da homenagem foi iniciativa de um grupo de jornalistas e bloggers que enviaram uma petição com muitas assinaturas à câmara municipal de Buenos Aires para que colocasse «uma placa para assinalar a casa onde viveu Mafalda».

«Nos desenhos, consegue-se ler o número do edifício: 371. Quino vivia nessa altura no nº 371 da rua Chile e, por isso, essa era a morada da sua criação», explicam os autores da iniciativa na sua página da Internet, especialmente criada para divulgar a proposta.

Os impulsionadores da iniciativa receberam nos últimos dias a indicação da câmara municipal de que a placa será colocada num acto a realizar em breve, mas Darío Gallo, um dos autores da ideia, disse que ainda não sabem a data precisa em que decorrerá o aguardado evento.

A resolução, apresentada pelo falecido vereador socialista Norberto La Porta, foi aprovada em Dezembro de 2006, tendo Gallo e Pablo Mancini, os principais impulsionadores da ideia, começado a recolher as assinaturas em 2005.

Os dois decidiram pôr em marcha a proposta a partir de um artigo de jornal no qual se descrevia os pormenores do bairro da personagem criada por Quino, que completou, em Julho, 75 anos de vida e mais de meio século de carreira.

O criador de Mafalda, radicado na Europa e com nacionalidade espanhola desde 1990, recebeu muitos prémios e sinais de reconhecimento em todo o mundo.

O texto da resolução indica que, com esta placa, o lugar constituirá «um marco turístico e cultural dentro da cidade» e «um ponto inevitável para todos os turistas que visitem o bairro de San Telmo».

«Quino inspirou-se no bairro de San Telmo para situar as aventuras que correram mundo. A Mercearia do pai do Manelinho ficava na rua Balcarce - agora é um quiosque, mas tem um cartaz a recordar o que foi, colocado pelos donos», indicaram os promotores da medida na página da Internet.

Na sua opinião, poderia mesmo criar-se «um pequeno circuito histórico», desde a escola da Mafalda, passando pela Mercearia do pai de Manelinho até à casa de Quino.

( do Diário Digital / Lusa)